terça-feira, 28 de abril de 2009

Para ti havia micróbios em tudo
Da boca dos homens nasciam moscas
Não podia dividir picolés e copos com ninguém
Tu já queria ter morrido antes
Eu nunca fui limpo
No final tu teve razão

5 comentários:

Cínthya Verri disse...

que beeeeeeeeeem
adorei! adorei! adorei!

marcelo disse...

Brigado Cinthya!

Wania disse...

Ficou muuuuuito bem escrito...
Parabéns!
Um bom dia pra ti.
Bjão

Luciane disse...

Tu nunca foi limpo!
E sempre foi poeta!
Beijos!

marcelo disse...

Estranho e engraçado isso! :)