quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

De volta de novo...



Voltei de férias. Foram praticamente três semana de paz e três dias de guerra. Quando cheguei na praia, tirei meus tênis, vesti minhas sandálias e praticamente não fiz mais nada que envolvesse paredes brancas, 4 rodas, consumação, concreto e canos fumegantes, descontando uma ida a Florianópolis com um amigo. Não pulei carnaval e não fiz festa, preferi jogar vôlei, acordar cedo, aproveitar o sol, ler um livro e ficar sozinho. Em minha companhia tive, por vezes, um sapo simpático que não desistia de se segurar, música, vento, família e, por talento e sorte, alguns amigos. Não escrevi nada nesse período, fiquei em silêncio, e continuo, ironicamente, assim. Andava preocupado demais com o que iria postar, e isso não ajuda ninguém a se expressar, não se escreve por decreto ou desejo, escrevo melhor quando preciso, quando não espero ser gostado. Aos que respeitaram meu silêncio, eu agradeço. Agora espero precisar.

2 comentários:

Kenia Cris disse...

Maravilha ter vc de volta Marcelo! É claro que vc fez uma falta danada!!!

A gente nem sempre precisa das palavras, a companhia muda revigora os sentidos.

Beijo-te com carinho.

Nádia Lopes disse...

oi, amigão
bem vindo, senti falta das tuas inspirações, espero que o azul e o silêncio tenham te acalentado a alma!
beijo grande