quarta-feira, 10 de março de 2010

Minha leitura de verão


Divido com vocês uma coletânea que fiz a partir do livro que devorei nas minhas férias. Um livro de John Gray chamado "Cachorros de Palha- reflexões sobre humanos e outros animais". Recomendo muito.

"o conhecimento não nos torna livres. Ele nos deixa como sempre fomos, vítimas de todo tipo de loucura"

"Ser uma pessoa não é a essência do que é ser um humano, mas apenas-como a história da palavra sugere- uma de suas máscaras"
"Pessoas são apenas humanos que assumiram a máscara transmitida à Europa durante as últimas poucas gerações e a tomaram como sua própria face"

"fora da ciência, o progresso não passa de um mito"
"a origem da ciência não está na investigação racional, mas na fé, na magia e no logro"

"buscar significado na história é como buscar padrão nas nuvens"

"muito pouco do que tem conseqüência em nossas vidas requer consciência. Muito do que é vitalmente importante só acontece na ausência dela".
"na verdade, em praticamente tudo em nossas vidas, nossas ações são iniciadas inconscientemente: o cérebro nos prepara para a ação e então temos a experiência de agir"
"quando estamos prestes a agir, não podemos predizer o que estamos prestes a fazer. no entanto, quando olhamos para trás, podemos ver nossa decisão como um passo num caminho ao qual já estávamos confinados. Às vezes vemos nossos pensamentos como eventos que nos acontecem e às vezes como atos nossos. Nosso sentimento de liberdade resulta da mudança entre esses dois pontos de vista. O livre arbítrio é um truque de perspectiva".
"pensamos que nossas ações expressam nossas decisões. Mas, em praticamente toda nossa vida, a vontade não decide nada."
"para Hume, a noção de si mesmo é apenas um ensaio de continuidades"
"a noção de si mesmo é um efeito colateral da falta de refinamento da consciência; a vida interior é muito sutil e transiente para ser conhecida em si mesma".
"nossa experiência subjetiva é freqüentemente, talvez sempre, ambígua"

"despertar para a verdade de que a vida é um sonho não precisa significar afastar-se dela. Pode significar acollhê-la.

"Hegel escreveu que a tragédia é a colisão do certo com o errado". "Embate entre o desejo humano e o destino".
"...existe tragédia quando os humanos se recusam a se submeter a circunstâncias que nem a coragem nem a inteligência podem remediar".

"se os mortos pudessem falar, não os entenderíamos"
"a verdade desvelada apenas nos cegaria"

"A conclusão final do trabalho de Freud é que ser uma boa pessoa é uma questão de sorte".

"Para Homero, a vida humana é uma sucessão de contingências".

"ainda falta um filósofo que escreva um grande romance. O fato não deveria surpreender. Na filosofia, a verdade sobre a vida humana não tem nenhum interesse".

"a autonomia pessoal é produto de nossa imaginação, não a maneira como vivemos. Somos forçados a viver como se fossemos livres"

"o pensamento ocidental está fixado no hiato entre o que é e o que deveria ser".
"se agimos certo, não é porque traduzimos nossas intenções em ações. É porque lidamos habilmente com o que quer que precise ser feito".

"as tiranias começam como festivais para deprimidos, sua promessa implícita é que irão aliviar o tédio dos submetidos"."

"é quando acreditam que deixaram para trás sua natureza animal que os humanos mostram as qualidades que apenas eles possuem: obsessão, auto-engano e perpétuo desassossego".

"como a felicidade não está disponível, a maioria da humanidade busca o prazer".

"o tecido de nossas vidas é feito de atos irrecuperáveis e eventos inalteráveis".

Obs. transiente é o mesmo que transitório ou passageiro.

2 comentários:

Dani disse...

peguei emprestado, tá?

marcelo disse...

Pode pegar, aliás ,melhor ainda, pode usar! ;)