segunda-feira, 8 de junho de 2009

Amor mediado

Amor virou um clic num link,
entre horóscopos,
15 milhões de possibilidades,
inscrições sempre abertas,
compatibilidade virou estatística,
sem margens de risco,
me belisco.
Acordem.
Não existem filas.

3 comentários:

pensar disse...

Eh possibilidades são milhões, mas acontecer o amor ah isso é bem diferente e único.
Bjs

Renata de Aragão Lopes disse...

Excelente poema!

Você mostrou como, hoje, a possibilidade do encontro é farta, porém superficial, banalizada.

Realmente, para o amor, não existem cadastros ou filas.

Obrigada por visitar e se cadastrar em meu blog!

temdeque disse...

Belas palavras, adorei! Seu texto caiu como um presente...Sou da "crença" de que depende da contingência, uma espécie de magia, mas somos inundados a tempo pela tecnicidade e esteriótipo. Como lidar com isso??Valeu.